EDUCAÇÃO MERCADO

Venezuelanos compram bitcoins para fugir da inflação

Tempo de leitura: 1 minuto

Apesar do interesse de venezuelanos por moedas digitais ter diminuído, o número de pessoas que compram bitcoins cresceu nos últimos três meses mesmo após o lançamento da criptomoeda estatal Petro.

De acordo com o site Criptonoticias, o volume de trocas de bolívares por bitcoins cresceu 177% entre março e maio, conforme evidenciado pelos dados do Localbitcoins.

Na última semana de maio, 4.9 trilhões de bolívares foram gastos na compra de bitcoins. Já na primeira semana de junho, o montante aumentou para 6.9 trilhões de bolívares.

Venezuelanos pró inovação

O site Criptonoticias afirma que o aumento da compra de bitcoins no país é explicado pela alta inflação registrada na Venezuela.

Conheça a CoinBene

A revista Forbes noticiou recentemente que a taxa de inflação alcançou incríveis 25.000% em maio.

O Similarweb também apontou que os venezuelanos estão entre os países que mais compram bitcoins no Localbitcoins, seguido por americanos e ingleses.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
ZAT entra para portfólio de ativos de corretora global
Cotação Essentia ESS
Cotação da Essentia (ESS) recua 4% nas últimas 24 horas
Nobel de Economia não vê razão para existência de criptomoedas