MERCADO

Hard fork da Ethereum é adiado. Saiba mais

Hard fork da Ethereum é adiado
Tempo de leitura: 1 minuto

O Constantinople, hard fork da Ethereum, foi adiado após a empresa de segurança Chainsecurity descobrir uma falha de vulnerabilidade no protocolo.

A proposta de melhoria Ethereum (EIP) 1283, desenvolvida para fornecer medição líquida que reduziria o uso de gás na rede, estava com uma brecha que permitiria o roubo dos fundos dos usuários.

E por não ter tempo para solucionar essa questão, os desenvolvedores da rede optaram por adiar a implementação do hard fork Constantinople.

Uma nova data para a realização do procedimento deve ser definida pelos desenvolvedores da Ethereum na próxima reunião, prevista para sexta-feira.

Conheça a CoinBene

Histórico

Esse não é o primeiro adiamento do Constantinople. Era para o protocolo ser adotado em novembro de 2018, mas houveram falhas na validação de algumas transações durante os testes, o que levou os desenvolvedores a adiarem para janeiro deste ano.

O que será preciso fazer?

Se você não executa nodos da rede, não precisa fazer nada.

Agora, se você for minerador de Ether ou operador de nós, deve seguir as instruções que estão no blog oficial da Ethereum.

E a CoinBene, vai fazer o quê?

Vamos aguardar as definições que os desenvolvedores da rede Ethereum vão tomar e nos posicionaremos assim que isso ocorrer.

Permanecemos à disposição para eventuais esclarecimentos por meio de nossos canais de atendimento.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais em nossa plataforma, te ajudamos a conhecer o mundo muito além do Bitcoin. Cadastre-se grátis e vamos aos negócios!

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Futuros de Ethereum podem ser lançados na CBOE ainda neste ano
Ripple é mais que uma criptomoeda? Entenda tudo sobre isso
Americanos tendem a namorar pessoas que têm moedas digitais