MERCADO

BUMO é listado em corretora global

Tempo de leitura: 1 minuto

A CoinBene permanece com sua estratégia de oferecer o maior número de criptoativos para seus clientes e anuncia a listagem do BUMO.

O ativo será listado na plataforma dia 3 de agosto, com par para negociação com ETH.

Depósitos do token serão liberados na data de listagem. As negociações do ativo começam nesta sexta-feira, 4 de agosto. Já as retiradas do BUMO serão liberadas neste domingo, dia 6 de agosto.

O que é o BUMO?

Trata-se de um blockchain público de próxima geração, de nível comercial, para transferência de valores, cujo objetivo é criar um ecossistema de aplicativos descentralizado com ampla confiança digital, valor de fluxo livre e aplicativos de compartilhamento público.

Conheça a CoinBene

A rede possui vantagens tecnológicas como protocolo de consenso de duas camadas aprimorado, o que melhora o processamento de transações e ajudará a atender cenários diversificados.

Além disso, ele conta com sistema blockchain multi-child, que é caracterizado por uma estrutura multiforme de duas camadas, em que “two-layer” significa a cadeia principal e cadeias infantis, e “multiform” significa as diferentes características técnicas entre as cadeias principal e infantil.

Também vale destacar que a plataforma realiza conexões de diferentes cadeiras principais e tem sistema de contratos inteligentes favorável ao desenvolvedor.

O token BUMO terá fornecimento total de 1,5 bilhão de unidades, sendo que 350 milhões estão em circulação.

Para negociar o ativo é só criar sua conta na CoinBene. Cadastre-se grátis e vamos aos negócios.

Antes de começar, estude o mercado

Negociações de ativos digitais envolvem riscos. A CoinBene recomenda a todos os seus clientes que tenham cautela e estudem o mercado.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Tether emite 250 milhões de tokens em USDT e Bitcoin pode subir
Desenvolvedor revela plano ambicioso para Bitcoin SV
Desenvolvedor revela plano ambicioso para Bitcoin SV
Mercado segue em baixa, mas esboça reação
Mercado segue em baixa, mas esboça reação